Também é como começa

on

“Não é como começa, é como acaba”

Quantas vezes já ouvimos esta frase vindas de jogadores, treinadores, dirigentes, adeptos e de todos aqueles ligados ao mundo do Futebol? Fará assim tanto sentido usar esta frase como forma de camuflar um mau momento de equipa por exemplo? E os índices de motivação não são afetados pela forma como uma equipa começa o campeonato?

Posto isto, decidi analisar o trajeto nos primeiros 10 jogos das equipas campeãs dos 10 principais campeonatos do Mundo (segundo a International Federation of Football History & Statistics)

The Strongest National League in The World 2015

, by IFFHS
Top 40 
(1st January 2015 – 31st December 2015)
1 (1) España 1262,00
2 (2) Italia 1177,00
3 (5) Deutschland 1044,00
4 (4) Argentina 990,00
5 (7) France 914,00
6 (6) Brasil 899,00
7 (3) England 887,00
8 (8) Portugal 726,50
9 (11) Belgique 725,50
10 (12) Russia 715,00
11 (9) Colombia 711,00
12 (10) Paraguay 709,00
13 (19) Ukrayina 687,00
14 (26) Hrvatska 631,00
15 (23) Ceská Republika 627,00
(…)

40 (38) Kazakhstan 413,50

Posto isto, irei analisar o trajeto de:

Espanha: FC Barcelona                                                         Itália: Juventus FC

Alemanha: FC Bayern                                                           Argentina: CA Lánus

França: PSG                                                                            Brasil: SC Corinthians

Inglaterra: Leicester City                                                    Portugal: SL Benfica

Bélgica: Club Brugge                                                            Rússia: CSKA Moscovo


1. Liga BBVA (Espanha)

barça1

Podemos ver que ao fim de 10 jogos o FC Barcelona mantinha-se taco a taco com o Real Madrid na luta pela liderança, passando para 1º lugar ao fim de 15 jogos.

barça2barça3


2. Serie A (Itália)

O trajeto da Juventus será talvez o caso onde esta frase melhor se aplica. Ao fim de 10 jornadas a Juventus encontrava-se em 12º lugar, a 11 pontos do líder AS Roma.

juve1.JPG

A partir daí observou-se uma recuperação notável, com uma escalada impressionante no tabela classificativa. Passados 5 jogos, a Juventus já se encontrava no 5º posto a 6 pontos do líder Internazionale. Assistiu-se então a uma luta intensa entre Napoli e Juventus, sempre separados por 2 pontos. Até que na 25ª jornada se defrontaram, levando a Juventus a melhor.

juve2juve3

A partir desse momento, a Juventus não largou mais o primeiro lugar, sagrando-se campeã.

juve4.JPG


3. Bundesliga (Alemanha)

Na Alemanha assistimos a um FC Bayern completamente dominador. Ao fim de 10 jornadas era líder destacado, mantendo-se nessa posição até ao fim do campeonato.

mun1mun2mun3


4. Ligue 1 (França)

psg1psg2psg3

No campeonato francês, assistiu-se a um domínio completo do Paris Saint German. Terminada a 1ª metade da época já se observava uma vantagem enorme, com quase o dobro dos pontos do concorrente mais direto!


5. Série A (Brasil)

No campeonato Brasileiro, observou-se um início equilibrado com o campeão Corinthians, em 3º lugar a 3 pontos do 1º.

br1.JPG

Com o passar das jornadas o Corinthians foi impondo o seu espaço, fixando-se no 1º lugar no final da 1ª metade do campeonato.

br2br3


6. Premier League (Inglaterra)

Na Premier League assistiu-se ao campeonato mais improvável de todos os tempos. O campeão foi aquele a quem lhe era apontado o rótulo de maior candidato à descida de divisão: o Leicester City. Mas se analisarmos o seu trajeto, haverá razões para ficarmos surpreendidos? Vejamos.

Ao fim de 5 jornadas, o Leicester era 2º classificado a 4 pontos do 1º Manchester City.

lei1.JPG

Com 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota nos seguintes jogos, o Leicester caiu para 5º lugar mas sempre na rota do título.

lei2.JPG

Jornada 15: o Leicester City assume, pela primeira vez, a liderança e não a deixa escapar mais até ao fim da época.

lei3lei4lei5lei6


7. Primeira Liga (Portugal)

Semelhante à Juventus, foi a época do SL Benfica no campeonato Português. Ao fim de 10 jogos, o Benfica encontrava-se a uma distância considerável do 1º lugar e era considerado por muitos como excluído da luta pelo título.

slb1

Terminada a 1ª metade da época, a desvantagem já era menor mas ainda considerada por muitos como muito difícil de recuperar.

slb2.JPG

Jornada 25: altura em que o Benfica ultrapassa o Sporting na classificação com uma vitória na casa do rival.

slb3

A partir daí assitiu-se a 9 vitórias nos restantes 9 jogos, sagrando-se assim campeão o SL Benfica.

slb4


8. Jupiler Pro League (Bélgica)

Na Bélgica o campeonato decorre num formato diferente. Primeiro disputa-se a fase regular, onde o Club Brugge terminou em 1º lugar.

bru1.JPG

De seguida foi disputado um playoff de apuramento de campeão com os 6 primeiros classificados, onde o Club Brugge foi 1º classificado durante todo o playoff.

bru2bru3bru4


9. Premier League (Rússia)

O campeão russo CSKA, teve um excelente início de época, destacando-se na liderança ao fim de 10 jornadas.

cs1

Com o decorrer do campeonato o CSKA foi permitindo a intrusão do FK Rostov, chegando mesmo a perder o 1º lugar.

cs2.JPG

Apenas na 26ª jornada o CSKA conseguiria recuperar o 1º lugar, mantendo-se aí até final do campeonato.

cs3


Concluindo, penso que é justo dizer que a frase fará pouco sentido, apesar de não ser completamente falsa. Vejamos:

Dos 10 campeões mencionados apenas dois tiveram inícios pouco fulgurantes e longe do topo da tabela (Juventus e Benfica).

Os restantes oito campeões andaram sempre no topo da tabela, alternando sempre entre o 1º e 2º lugar. Alguns foram mesmo primeiros classificados quase do início ao fim do campeonato como foram os casos do PSG e FC Bayern.

Posto isto, a minha opinião é que, é igualmente importante como começa tal como acaba. Um excelente início de época trará motivação e confiança à equipa, o que facilitará jogos e uma equipa confiante e motivada estará sempre mais perto de ganhar do que uma equipa desanimada fruto de maus resultados.

fonte: zerozero.pt

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s